what would the world be without love?


“Eu gosto de errar. Sinto o cheiro e gosto dos meus erros e simpatizo com eles. O certinho me causa desconfiança. Antipatizo com o correto. Prefiro a minha infelicidade com flashes de felicidade momentânea… Esperar não é para mim. Produzo teorias que não servirão para nada. Invento palavras que não existem, faço meu próprio dicionário. Crio definições que só eu uso e, ainda por cima, me mato de rir. Prefiro a minha insanidade com flashes de sanidade instantânea… O que presta é o que me interessa. O que eu quero, agarro. O que eu desejo, abraço. O que eu sonho, desenho. O que eu imagino, escrevo. O que eu sinto, escondo. A perfeição está no meu humor. Está na minha emoção. Está nas minhas linhas tortas e devaneios tolos. Nem sempre minhas ações condizem com as minhas palavras. Me conheça. Me decifre. Me ame. Me devore”


Theme by EndsTonight

(Fonte: nice-v1be, via a-interrogada)


Photo em 20/04| 2.535 notas |Reblog|


(Fonte: vestingir, via a-interrogada)


Photo em 20/04| 3.082 notas |Reblog|



Photo em 20/04| 8.249 notas |Reblog|


(via appeaser)


Photo em 20/04| 736.348 notas |Reblog|



Photo em 20/04| 16.465 notas |Reblog|



Photo em 20/04| 4.186 notas |Reblog|



Photo em 20/04| 1.247 notas |Reblog|



“O curativo era externo, mas o machucado era interno.
Junior Ruiz.  (via repouse)

(Fonte: criticou, via repouse)


Quote em 20/04| 1.766 notas |Reblog|

(Fonte: ayeitzdarion, via vulgarizei)


Photo em 20/04| 226.246 notas |Reblog|



Photo em 20/04| 25.147 notas |Reblog|



Photo em 20/04| 38.596 notas |Reblog|


(Fonte: potenciais, via vulgarizei)


Photo em 20/04| 29 notas |Reblog|